terça-feira, junho 09, 2009

Reajuste dos pedágios

Viajar ficará mais caro a partir de 1º de julho. O valor pago pelos motoristas nos pedágios das rodovias estaduais terá acréscimo de 3,64%. Por contrato, as concessionárias podem aumentar de forma automática os valores cobrados através da variação do IGP-M, um dos índices que apontam a inflação de um período. A informação é do site do Jornal O Popular.
.
Pelos cálculos do jornal, o valor do pedágio cobrado de quem vai para Campinas passaria para R$7,87, atualmente é de R$7,60. O pedágio entre Mogi Mirim e Limeira subiria de R$3,60 para R$3,72. Quem vai para Itapira teria que pagar R$5,07, enquanto atualmente é cobrado R$4,90. Os valores estão sujeitos a arredondamento.
.
Os motoristas, que trafegam pelas estradas estaduais sob concessão de empresas privadas, gastam mais com pedágio do que com combustível. Sem dúvidas, as estradas paulistas estão mais conservadas quando ficam nas mãos da iniciativa privada. A cobrança do pedágio é uma necessidade para a manutenção e ampliação da malha viária.
.
A questão é que os preços de muitos pedágios estão muito acima do aceitável. Pagar mais de R$10 para ir e voltar de Itapira é um escândalo. Para se ter uma comparação, ir de São Paulo para Santos e depois voltar custa R$17. A estrada para Itapira não é a única que tem distorção, outras praças também apresentam preços abusivos, frutos de contratos mal feitos.
.
Quem paga a conta é a população.

Nenhum comentário: